Carnaval de Colônia

Um pouco atrasado, mas finalmente sentei para escrever um post sobre o carnaval de Colônia.

Embora para nós carnaval pareça algo propriamente brasileiro, a origem do carnaval remonta à Mesopotâmia e aparece e reaparece em diversas culturas e lugares. O carnaval no modelo mais similar ao que é celebrado hoje teve início na Idade Média como os dias em que a plebe tem a liberdade de rir da nobreza e da igreja. É a grande festa que precede a quaresma, esse modelo portanto é diretamente ligado à religião católica. Em Colônia, uma cidade fundada pelos romanos, o primeiro registro relacionado ao carnaval data de 1341, no que seria algo análogo ao diário oficial da cidade, onde teria sido escrito que o conselho municipal não poderia gastar mais verba com o Carnaval. Apesar de o carnaval alemão não ter se originado em Colônia, mas em algum lugar da Bavária, parece que o primeiro desfile de carnaval do mundo aconteceu em Colônia em 1823 (segundo o Wikipedia sem fontes confiáveis).

Seja verdade ou não, é fato que o carnaval de Colônia é super tradicional e muito famoso, além de ser a principal festa de carnaval da Alemanha. Pra quem é de Colônia, a época do carnaval e as festividades são eventos extremamente importantes.

A temporada de carnaval começa oficialmente em Novembro. Isso mesmo, novembro, mais especificamente em 11/11 às 11:11. Terminando, claro, na terça-feira anterior à quarta-feira de cinzas. Ou seja, aproximadamente 4 meses de carnaval. E por isso, em Colônia, o carnaval é considerado a quinta temporada. Tipo: primavera, verão, outono, inverno, carnaval.

Mas então quer dizer que os Coloni….colonienses? Colonistas? Colonianos? Ou seja lá como chamam-se as pessoas nascidas em Colônia, quer dizer que eles pulam carnaval por 4 meses??

Bom, não, claro. Ninguém é tão festivo assim. E tem o natal no meio, que tem sua importância própria e tal. O que acontece são alguns eventos e festividades relacionados ao carnaval.

Em novembro, o carnaval começa com a apresentação do triunvirato. Não sei se essa é a tradução correta, a palavra em alemão é Dreigestirn. São três homens representando um o príncipe, um o fazendeiro e um a virgem, que são digamos o símbolo do carnaval. A idéia é que nessa época do ano todo mundo é igual, e esses três representam as diversas camadas da sociedade, algo desse gênero. Cada ano são três pessoas diferentes fazendo esses papéis, e eles são apresentados nesse dia de novembro, juntamente com músicos famosos que tocam músicas de carnaval, enfim, uma festa de rua.

„Dreigestirn 72“ by Press picture taken from [1]. Lizenziert

„Dreigestirn 72“ by Press picture

Essa data de novembro existe por um motivo similar aos dias de carnaval antes da quaresma. Originalmente haveria também um período de 40 dias de jejum antes do Natal, e antes desse período, os dias de carnaval.

Assim sendo, a temporada do Carnaval tem uma pausa em dezembro – para o período de adventos e o Natal – e é retomada em Janeiro, quando acontecem algumas celebrações um tanto diferentes, chamado Karnevalssitzung. É mais ou menos como um show. A platéia (que vem ao evento fantasiada) fica sentada em mesas, bebendo cerveja e comendo petiscos, enquanto assiste a uma apresentação que inclui música, danças, cenas de comédia que fazem graça de políticos e da igreja, além de outros temas, etc.

Eis aqui um trecho de um Karnevalssitzung em Colônia, com uma apresentação de dança:

Esses eventos acontecem ao longo de janeiro e fevereiro, até o início dos dias realmente importantes do Carnaval, na semana que precede a quaresma.

O início oficial dessas festividades é na quinta-feira anterior à quarta-feira de cinzas. É quando começa oficialmente o feriado de carnaval na cidade de Colônia, e arredores. As crianças (que vão à escola fantasiadas nesse dia, assim como os professores) são dispensadas da escola às 11:11, e todo mundo vai pra rua onde se inicia o carnaval de rua que acontece até a terça-feira seguinte.

Essa quinta-feira chama-se Weiberfastnacht, que pode ser traduzido como o carnaval das mulheres, ou algo do gênero. Esse dia, portanto, é o das mulheres. E para simbolizar isso, nesse dia as mulheres podem cortar com uma tesoura as gravatas de homens que estiverem usando gravatas nesse dia. A origem desse dia das mulheres teriam sido festividades realizadas por freiras em conventos.

Entre sexta-feira e domingo, o carnaval de rua acontece por todos os bairros da cidade e das cidades vizinhas. Esses blocos de rua não são muito diferentes dos brasileiros, mas um detalhe importante: passam trios elétricos com pessoas jogando balas e doces para as crianças! A regra é que você tem que gritar “Kamelle!” (uma palavra antiga que significa doces, e não camelos), e eles jogaram os doces pra você. Para as mulheres têm também flores, você tem que gritar “Strüßche!” (uma gíria local para flores), e eles jogam as flores.

11-D-LEV-NP-IMG_4382

Criança vestida de onça sentada nos ombros de adulto e balinhas voando pelo ar

11-D-LEV-NP-IMG_4406

Um dos trios elétricos que passam com a música e os doces

11-D-LEV-NP-IMG_4455

Homem em trio elétrico jogando balas e doces

11-D-LEV-NP-IMG_4424

Outro homem fantasiado em trio elétrico jogando balinhas

Rosenmontag, a segunda-feira de carnaval, é o dia mais importante do carnaval de Colônia, que junta mais de 1 milhão de pessoas nas ruas (o que é um número razoável considerando-se que a cidade de Colônia tem 1 milhão de habitantes).

Nesse dia, participam dos desfiles os grupos vencedores dos desfiles de bairro do domingo (há competições de fantasias e música).

Os desfiles continuam na terça feira e à meia noite da terça para quarta é quando se queima o Nubbel, um boneco – meio como um espantalho – que representa todos os pecados cometidos no carnaval. Ele é queimado para levar a culpa, meio que uma maneira de “terceirizar” a culpa dos tais pecados. É com essa cerimônia que termina oficialmente o carnaval alemão.

11-D-LEV-NP-IMG_4426

Homem fantasiado de bolhas de sabão.

11-D-LEV-NP-IMG_4410

Um pessoal fantasiado de peças de lego

E a quarta-feira de cinzas é então o início da quaresma.

Resumidamente, é esse o carnaval de Colônia, do qual por circunstâncias diversas eu ainda não tive a oportunidade de participar. Quem sabe ano que vem!

Para terminar, ficam algumas outras curiosidades avulsas sobre o carnaval de Colônia:

Kölle Alaaf é a saudação usada durante o carnaval em Colônia. Há polêmicas sobre o significado.

330 toneladas de balas, 700.000 barras de chocolates e 220.000 caixas de bombons são jogadas durante os desfiles em Colônia.

Ao todo, as pessoas gastam com fantasias, comidas e coisas diversas relacionadas à comemoração, um total de 460 milhões de euros.

Colônia recebe uma média de 1.5 milhões de turistas (alemães ou estrangeiros) durante o carnaval.

Como no Brasil, tem essa idéia de que durante o Carnaval o beijo é livre. Só que aqui isso vale não para desconhecidos em geral, mas para a polícia e para o prefeito! Quer dizer, é liberado beijar policiais e o prefeito! Ainda preciso fazer umas fotos disso…

E aqui vai uma propaganda do carnaval, que mostra algumas imagens dos desfiles e das fantasias:


(Publicado em 21 de março de 2015)

 

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s