Assistindo à Copa na Alemanha

Provavelmente não é novidade que os alemães gostam muito de futebol. As últimas novidades da Bundesliga (o equivalente alemão do Brasileirão) (Alemanhão?) também são tópico de conversa na mesa de jantar e nos encontros de família, e, pelo menos entre as pessoas que eu conheço, futebol parece ser tão de interesse das mulheres quanto dos homens.

Na Copa, claro, não é diferente. Todo e qualquer alemão lembra profundamente bem e com detalhes a decepção de perder a final de 2002 para o Brasil, e a semifinal de 2006 para a Itália, na Copa da Alemanha…

A Copa de 2006 na Alemanha foi, inclusive, um marco na relação dos alemães com seu próprio país, pelo que me contam. Até hoje os alemães carregam um peso muito grande de culpa da Segunda Guerra Mundial, e por causa disso nacionalismo é muito mal visto por aqui (e com frequência quando aparece vem mesmo de neonazistas). É bem raro, por exemplo, ver bandeiras da Alemanha em janelas ou na frente de residências familiares tal qual se vê muito em alguns países como os EUA. Normalmente as bandeiras da só são vistas na frente de edifícios públicos governamentais e olhe lá.

A exceção é durante a Copa do Mundo, desde 2006. Entre o jogo de abertura e a final, todo mundo vira patriota. Bandeiras podem ser vistas – especialmente nos dias de jogos – nos vidros dos carros, nos espelhos retrovisores, nas vitrines de lojas e mesas de bar. Pessoas trajando a camisa oficial da seleção alemã são vistas com frequência, e, durante o jogo, todo tipo de apetrechos esdrúxulos nas cores da bandeira decoram os torcedores. Mais ou menos como no Brasil.

IMG_0802 IMG_0809 IMG_0811

Mas, apesar disso, aqui você não sente a mesma vibe de Copa que no Brasil. Nos dias de jogo não dá aquela sensação de que a cidade inteira está naquela expectativa, esperando a hora do jogo. Depois do jogo – ainda que a Alemanha tenha ganhado de 4×0 – as pessoas não saem felizes buzinando e soltando fogos.

Só que uma coisa positiva que me parece diferente do Brasil é que aqui é muito mais comum ir assistir ao jogo em algum bar ou algum lugar com telão do que em casa. Na verdade, qualquer restaurante, bar ou lugar que venda comida ou bebida vai mostrar os jogos da Copa em uma TV razoavelmente grande. É o que eles chamam de “Public Viewing“, assim em inglês mesmo. E se você ouvir esse termo na Alemanha, saiba que se refere necessariamente a assistir futebol em público. Uma opção comum para a Copa – já que a mesma acontece sempre em Junho/Julho, quando aqui é verão – é assistir aos jogos em Biergartens. Durante jogos da Alemanha os mesmos lotam e ninguém vai te incomodar se durante as 3 horas que você passou lá (2 horas de jogo + 1 hora de antecedência para pegar um lugar bom) você só tomar uma cerveja. Mas não conte com cornetas e fogos quando sai gol. Quem sabe na Final. E, a propósito, cantar o hino da Alemanha junto é proibido. Nacionalista demais. Suspeite se alguém por perto estiver cantando, melhor sentar mais longe e ficar alerta.

IMG_0821 IMG_0823 IMG_0831

Mas estranho mesmo é assistir aos jogos do Brasil com comentarista alemão. Claro que no Brasil, num jogo digamos Guiné Bissau x Butão, o comentarista não vai gritar “Gooooooooooooooooooaoaoaoaooalllllll!!! Do Butããão!!! * Butão-tão-tão-tão…*”, mas pelo menos um “Gol!” suficientemente óbvio para você saber que foi mesmo gol vai rolar. Aqui já me aconteceu várias vezes de achar que o Gol não valeu porque o comentarista não falou nada na hora do Gol! Como recentemente num jogo da Costa do Marfim. Um jogador de nome Gervinho marcou um gol para a Costa do Marfim quando o placar estava 2×0 para a Colômbia. Os comentários foram os seguintes: *Jogador se aproximando do gol* “Gervinho…. Gervinhoooooo…..” *jogador marcando o Gol* “…” *uns 20 segundos passam sem nenhum comentário* “É, parece que a Costa do Marfim ainda está no jogo.”.

Sai o gol e você não sabe se pode comemorar ou se estava impedido ou coisa do tipo.

Para piorar a experiência do último jogo do Brasil (Brasil x Camarões, o último jogo da fase de grupos), o canal alemão que estava transmitindo o jogo estava mostrando, ao mesmo tempo, o jogo México x Croácia. Eles ficavam alternando entre um e outro, e claro que era na hora que estavam mostrando o México que saía gol do Brasil. Dos 5 gols marcados durante o jogo só vimos 2 em tempo real (pelo menos não vimos o de Camarões). Destrói completamente a tensão e emoção de assistir o jogo…

A única saída nesse caso teria sido assistir ao jogo pela internet. Os jogos da Copa estão sendo transmitidos por dois canais alemães, o ARD e o ZDF. Eles dividem os jogos entre si, e nos seus sites oficiais é possível acessar os livestreams de todos os jogos. O problema é que o livestream vem com 1 minuto de atraso, então você ouve as pessoas comemorando em volta mas só vê o gol 1 minuto depois… mas para o jogo da Costa do Marfim serve!


(Publicado em 26 de Junho de 2014)

 

Anúncios

3 comentários

  1. Juro que quando li Bundesliga pensei em liga das bundas HAHAHAHA
    A copa parece que não é tão emocionante quanto aqui, muito estranho não gritarem gol!

    A nossa TV de casa é digital, então vem com uns 25-30s de atraso.. os vizinhos sempre gritam antes! haha

    1. Hahahhahahahaha bundas! Depois que vc acostuma com a palavra Bunde (federal), vc até esquece que parece bundas! Mas o próprio nome oficial da Alemanha é Bundesrepublik Deutschland. República das Bundas alemãs.
      Então, quando é jogo da Alemanha eles sempre gritam gol (Não com tanto entusiasmo mas gritam), mas nos outros jogos, várias vezes não….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s