Reciclagem na Alemanha

Bom, falar sobre reciclagem na Alemanha é um pouco complicado, porque as regras são diferentes em cada estado. Então basicamente eu vou escrever sobre reciclagem na Saxônia. Mas acredito que nos outros estados, embora alguns detalhes sejam diferentes, no geral a história seja bem similar.

Na verdade, a primeira coisa vale para a Alemanha toda:

Esse é o símbolo da reciclagem para os produtos alemães. Quer dizer que todas as embalagens que podem ser jogadas no lixo reciclável vem com esse simbolozinho (em verde ou preto e branco) impresso em algum canto. Na verdade, praticamente qualquer embalagem é reciclável. Acaba indo para o lixo não-reciclável mesmo só guardanapo, sujeira, e tampinha de garrafa de vidro (misteriosamente não-reciclável).

Aqui na Saxônia tem 5 tipos de lixo: lixo normal não-reciclável, lixo reciclável (embalagens, basicamente), lixo orgânico, lixo de papel e lixo de vidro. Cada casa ou prédio têm latonas de lixo de cada tipo, exceto vidro, que são assim:

IMG_3101

(ok, não sei se dá pra chamar isso de lata, mas enfim)

As cores das tampas indicam o tipo de lixo: Amarelo é para o lixo reciclável, preto é para o lixo não-reciclável, azul é o lixo de papel e marrom é o lixo orgânico.

Parece meio nojento ter um lixo orgânico dentro de casa, quer dizer, uma lata de lixo só com resto de comida… Mas a única coisa viva e visível que eu vi aparecer no lixo orgânico por aqui foram fungos, mesmo. De resto, nem mesmo uma formiguinha. E olha que a gente é mó enrolão e às vezes demora horrores para pôr o lixo pra fora. Mas sendo a lata bem fechada, não sai cheiro nem entra bicho. (ajuda o fato de ter bem menos insetos de lixo por aqui, claro)

Quanto ao lixo de papel, é importante lembrar que não pode jogar o lixo dentro de sacos de plástico, é para ter realmente só papel. (Aliás, não sei pra quê precisa um saco de plástico para o lixo de papel, lembrando que é só papel seco, né. Basicamente você tem lá sua lata de lixo de papel, leva ela para a latona, joga lá e pronto, não precisa de saquinhos extras.

Os caminhões de cada tipo de lixo vêm em dias e com freqüência diferentes. Aqui em Dresden, bem no meio da cidade, o de papel, por exemplo, passa uma vez a cada duas semanas. Os outros passam uma ou duas vezes por semana. Quando é dia do caminhão vir, você ou a pessoa que cuida do prédio (normalmente os prédios têm uma pessoa que limpa as escadas uma vez por semana, põe o lixo pra fora, e coisinhas assim) coloca a latona do lixo correspondente na porta do prédio, o caminhão passa e o lixeiro coloca a lata atrás do caminhão e o próprio caminhão segura a lata, vira de cabeça pra baixo para soltar o lixo, e devolve para o chão.

Os caminhões aqui não são desesperados para sair correndo que nem os do Brasil, ou pelo menos de São Paulo, que os lixeiros têm que correr loucamente para alcançar. Eles vão calmamente parando aqui e ali.

Mas a pergunta, é, e o que você faz com o vidro, se não tem uma latona no prédio para vidros?

Bom, garrafas você normalmente devolve para o supermercado, dependendo do tipo. Algumas garrafas (as de vinho, por exemplo), por algum motivo não são retornáveis. Essas e os outros vidros você joga num dos containers que estão espalhados pela cidade. Sempre tem um conjunto de containers suficientemente perto da sua casa. Lá você encontrará:

IMG_3109IMG_3110

– container para vidros transparentes

– container para vidros verdes e marrons

– containers para papel (caso você tenha por exemplo um monte de caixas de uma mudança para jogar fora, ou coisa assim, que não caiba na sua latona em casa, você pode levar para o container para poder jogar fora tudo de uma vez)

Misteriosamente tem dois containers para papel, um para papel normal e outro para papelão. Vai saber porque existe essa diferenciação, se no seu lixo de casa é tudo junto! Mésanfã.

Em alguns prédios maiores, com muitos apartamentos, normalmente não tem as latas, mas um conjunto de containers para o prédio.

Os containers podem ser esses normais como os da foto, ou containers subterrâneos. Aí no chão você tem só uma lata de lixo de um tamanho relativamente normal, que é na verdade um buraco para um container subterrâneo.

E você encontra, também espalhados pela cidade, containers para doação de roupas velhas, que têm essa cara aqui:

Mas e como que funciona a separação de lixo em termos de taxas, multas e tal? Ou o que encoraja as pessoas a separarem direito?

Bom, novamente, isso muda um pouco em cada estado, mas basicamente é o seguinte. Essas latas padrão com as cores diferentes você recebe da companhia que busca o lixo (não tenho certeza se é pública ou privatizada, acho que também varia de estado para estado) de acordo com a quantidade de pessoas que mora na sua casa ou no seu prédio. Então, sei lá, se forem 4 pessoas na casa, você recebe uma lata de x litros, se for um prédio com 6 apartamentos, uma lata de 3x litros, etc, algo assim.

Você paga uma taxa pelo lixo, de acordo com a quantidade de lixo média produzida (também calculada, acredito, pela quantidade de pessoas que moram no local), e aqui que fica o detalhe: você paga uma taxa menor para o lixo reciclável que para o lixo não-reciclável. Então se você tiver mais lixo não-reciclável do que reciclável, você acaba pagando mais. “Ah, beleza, então eu jogo tudo no lixo reciclável e pronto”. Também não é tão fácil assim. Se quando o caminhão vier buscar, eles perceberem que o lixo está misturado, eles não levam, ou então cobram a taxa maior, a do lixo não-reciclável. Logo, melhor separar direito. Também vale para a história dos saquinhos de plástico no lixo de papel, se não tiver só papel, o caminhão não leva. Aqui no meio da cidade pode não ser um problema muito grande, mas se você mora mais longe do centro, onde o caminhão passa menos vezes, digamos, uma vez a cada 2 semanas, pode ser bem inconveniente se eles não levarem o lixo porque estava misturado, e você acabar tendo que acumular o lixo de 4 semanas até a próxima vez que o caminhão passar. Em alguns estados você pode também levar multa, se o lixo estiver misturado. Melhor separar direito.


(Publicado em 18 de Abril de 2013)

Anúncios

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s